quarta-feira, 28 de abril de 2010

Sentimentos

Assim são os sentimentos. Mas, digo desses que se sente e não sai, não se expõe e é o mais puro, o mais ingênuo, o que por dentro chora como uma criança.